Foto: AssCom Dourado


Após vencer a primeira partida no Brasileirão Série A, o Cuiabá entra em campo nesta quarta-feira (21) para enfrentar o Atlético Goianiense, em partida válida pela terceira rodada do campeonato. O jogo havia sido adiado por conta da realização da Copa América em Cuiabá. A bola rola a partir das 18h, na Arena Pantanal, com transmissão da rádio CBN Cuiabá, frequência 95.9, pelo Facebook ou através do canal no YouTube.

O Dourado chega para o duelo atrasado com mais confiança, depois de vencer a Chapecoense, fora de casa, em um confronto direto na briga contra o rebaixamento. A equipe comandada por Jorginho balançou as redes nas últimas três partidas, marcando seis gols sob o comando do treinador.

Caso o time auriverde vença o jogo, chegará aos doze pontos, assumindo o 15º lugar na tabela de classificação, fora do Z-4. No momento, o Cuiabá ocupa a 18ª colocação.

Para o duelo, o volante Pepê retorna ao time titular, na vaga de Auremir, após cumprir suspensão automática pelo cartão vermelho. Além desta alteração, Jorginho deve repetir a equipe que venceu a Chapecoense.

O goleiro Walter segue se recuperando de um estiramento muscular na coxa direita e desfalca o time pelo terceiro jogo consecutivo.

A provável escalação do Cuiabá tem: João Carlos; João Lucas, Marllon, Paulão e Uendel; Uillian Correia e Pepê; Felipe Marques, Clayson e Danilo Gomes; Jenison.

Mesmo com a realização da partida nesta quarta-feira, o Dourado ainda terá uma rodada atrasada, contra o Grêmio, válida pela quinta rodada do campeonato.

Atlético Goianiense

O time comandando por Eduardo Barroca ocupa a 11ª colocação na tabela, com 15 pontos conquistados. O Dragão chega para o confronto com uma sequência de três jogos sem vencer, sendo dois empates e uma derrota.

Jogando fora de casa, a equipe tem um aproveitamento de 46,7% dos pontos possíveis, com duas vitórias, um empate e duas derrotas.

O Atlético-GO não poderá contar com o centroavante Zé Roberto, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O volante João Paulo também desfalca a equipe, se recuperando de uma lesão muscular na coxa.

Por: Gabriel Barros e Pedro Lima / Olhar Esportivo