Foto: Parte da comissão-técnica do Operário-VG, Luiz Gabardo Jr, auxiliar-técnico Gabardo Neto e preparador-físico Marcelo Benites - Foto: Pedro Lima / Olhar Esportivo


O Operário-VG tem nesta quarta-feira (5), a partir das 20h30 na Arena Pantanal, o jogo mais importante do ano até o momento. O Chicote da Fronteira encara o Santa Cruz-PE pela primeira fase da Copa do Brasil, em jogo único que o time visitante tem a vantagem do empate para avançar de fase.

A equipe pernambucana é atual líder do campeonato estadual e comandada pelo ex-técnico do Cuiabá, Itamar Schülle, que conhece bem o futebol mato-grossense.

“É uma equipe muito forte no cenário nacional, um clube tradicional, com muita torcida em todo Brasil. Respeitamos a equipe do Santa Cruz, respeito muito o técnico Itamar, que é um grande parceiro que tenho no futebol. Sabemos do trabalho dele, da história que ele construiu aqui em Mato Grosso, quando dirigiu o Cuiabá, além da história do Santa Cruz. Mas o Operário vem se preparando para atingir o objetivo que é passar de fase, até pela visibilidade do clube, entrar de novo no cenário nacional e pela questão financeira, que dá um suporte muito bom para o clube no restante da temporada, pois temos o calendário cheio esse ano”, disse o técnico Luiz Gabardo à reportagem do site Olhar Esportivo.

Segundo o comandante do tricolor várzea-grandense, a equipe precisa ter equilíbrio com um bom comportamento, com uma maior atenção nas finalizações, aliado a presença da torcida, para buscar a vaga na segunda fase e mais R$ 650 mil para a conta.

“É muito importante essa vaga para gente, vamos tentar fazer um bom jogo, como foi contra o Cuiabá, um jogo equilibrado. Um jogo onde a equipe tem que se comportar bem em todos os momentos, na parte defensiva, ofensiva e caprichar mais nas finalizações. A expectativa é muito boa, contamos com a presença do torcedor, isso é um algo a mais que a gente pode ter como trunfo para vencer a partida. Contamos com o apoio deles na Arena Pantanal para fazer a diferença para o nosso lado”, frisou Gabardo.

No Campeonato Mato-grossense, o CEOV vem na quarta colocação, com duas vitórias, um empate e uma derrota. No último jogo, de acordo com o técnico, o desgaste foi grande no empate sem gols contra o Cuiabá no calor das 15 horas.

“Nossa preparação para esse jogo está voltada para recuperação dos jogadores, porque domingo foi desgastante. Vamos tentar recuperar bem, mostrar os vídeos, os detalhes sobre o Santa Cruz. Porque neste momento não tem muito o que corrigir em relação a ganho em treinamento, e sim correções pontuais para fazer uma grande partida. Conversa, descanso, boa alimentação, para deixar os jogadores preparados para desempenhar o que eles podem fazer de melhor”, completou Luiz Gabardo.

Os ingressos estão à venda nos valores de R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia).

Por: Pedro Lima / da Redação


Técnico Luiz Gabardo Jr., do Operário Várzea-grandense - Olhar Esportivo