Cuiabá,

quinta-feira, 22

de 

fevereiro

 de 

2024
.

Palmeiras e Corinthians só empatam no dérbi

Corinthians sai na frente com Jorge Henrique, de letra, mas Edinho marca e clássico fica 1 a 1


Palmeiras e Corinthians fizeram um clássico quente neste domingo, no Pacaembu, mas isso não foi o bastante para um dos dois conseguir sair com a vitória. Jorge Henrique abriu o placar e Edinho empatou: 1 a 1. Com o resultado, o Corinthians perdeu a chance de voltar à liderança, tomada no último sábado pelo Fluminense. O Verdão segue sem vencer sob o comando de Luiz Felipe Scolari.


Na estreia do técnico Adilson Batista, o Corinthians começou melhor no jogo, pressionando a saída de bola do Palmeiras e empurrando o Alviverde para o seu campo de defesa. A pressão inicial deu certo e o Timão criou chances, mas o gol não veio.


O Palmeiras estava “ausente” em campo, quando o Corinthians finalmente conseguiu impôr sua superioridade em gols. Iarley puxou ótimo contra-ataque e tocou para Bruno Cesar. O meia cruzou para a área e Jorge Henrique, em posição irregular, abriu o placar para o Timão. Detalhe: o corintiano concluiu de letra, para delírio da Fiel.


A partir daí, o dérbi ficou mais ríspido, com jogadas duras de ambas as partes, que deram trabalho para o árbitro Paulo César de Oliveira. O Corinthians, entretanto, parou de exercer a marcação que havia imposto no começo da partida e o Palmeiras foi para o ataque.


Não demorou, e o Verdão conseguiu chegar ao empate. Danilo, aparecendo como lateral-direito, cruzou, Julio Cesar fez ótima defesa em cabeçada de Kleber e, no rebote, Edinho empatou o clássico.


Na saída para o intervalo, Bruno Cesar reclamou e ainda acusou o volante Pierre.


– Acho que é classico, como falam, mas está passando um pouco do limite, o Pierre me deu uma cabeçada sem bola – revelou o meia corintiano.


A toada na segunda etapa, entretanto, seguiu a mesma: um jogo de chegadas fortes e truncado.


O Palmeiras se deu melhor e teve domínio de grande parte da segunda metade de jogo. Porém, esbarrou na falta da criatividade de seus jogadores ofensivos e não conseguiu vencer. Até conseguiu balançar a rede, em duas oportunidades com Ewerthon, mas ambas em posição irregular, corretamente assinaladas pelo auxiliar Marcelo Carvalho Van Gasse.


O Corinthians até conseguiu equilibrar as ações nos últimos dez minutos de partida, mas não foi suficiente para superar o goleiro Deola, que pouco trabalhou no segundo tempo. O Verdão, sob comando do técnico Luiz Felipe Scolari segue sem conseguir uma vitória, já são quatro partidas.


Na próxima rodada, o Corinthians recebe o Flamengo, seu algoz na Copa Libertadores, no Pacaembu, enquanto o Palmeiras vai à Goiânia e enfrenta o Goiás.


FICHA TÉCNICA:
PALMEIRAS 1 X 1 CORINTHIANS


Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo-SP
Data/hora: 1/8/2010 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Cesar Oliveira-SP(Fifa)
Assistentes: Ednilson Corona-SP(Fifa) e Marcelo Carvalho Van Gasse-SP
Renda/público: R$888,586,00 / 24.491 pagantes.
Cartões amarelos: Danilo, Marcio Araujo, Pierre e Armero (PAL); Chicão, Bruno César, William, Alessandro e Leandro Castán (COR)
GOLS: Jorge Henrique, 21’/1ºT (0-1); Edinho, 33’/1ºT (1-1);


PALMEIRAS: Deola, Vitor, Maurício Ramos, Danilo e Armero; Pierre, Edinho, Márcio Araújo e Lincoln (Tinga, 21’/2ºT); Ewerthon (Patrik, 42’/2ºT) e Kleber. Técnico: Luiz Felipe Scolari.


CORINTHIANS: Julio Cesar, Alessandro, Chicão, William e Leandro Castán; Ralf, Jucilei, Elias (Paulinho, 42’/2ºT) e Bruno César (Defederico, 17’/2ºT); Jorge Henrique e Iarley (Souza, 44’/2ºT). Técnico:Adilson Batista.

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here