Cuiabá,

domingo, 25

de 

fevereiro

 de 

2024
.

Rally da Selva a Pé divulga regulamento…

Thais Festa/Black & White Comunicação

A organização do 1º Rally da Selva a Pé divulgou o regulamento completo da prova, que será realizada no dia 30 de maio, em Sinop (MT). As informações e dúvidas dos participantes serão esclarecidas durante o briefing, no sábado (29), à s 19h, no Caiçara Grill.

Os competidores serão identificados por um colete com o mesmo número da inscrição, que será distribuído pelos organizadores da competição, junto com um GPS. O líder da equipe deve ficar com o colete e o GPS durante todo o trajeto.

A ordem de largada será feita por sorteio à s 6h30, na Praça da Terceira Idade (Reserva da Unemat), na avenida da Saudade. Os competidores largarão à s 7h, em direção a um percurso de estradas, ruas, trilhas planas, subida, descidas de dificuldades médias com obstáculos naturais definido pela planilha técnica.

Os pontos neutralizados servirão para descanso e lanche. Os equipamentos de segurança obrigatórios para cada equipe é uma lanterna, reservatório de água, protetor solar, repelente, saco plástico para lixo, lanche de trilha, kit de primeiros socorros, bússolas, canetas, prancheta, calculadora simples e um apito.

Os postos de cronometragem serão colocados no percurso em pontos aleatórios. Os PC’s serão virtuais (GPS) ou fixos (pessoas da organização). Todas as informações sobre vestuário, apuração, empates, penalidades, desclassificação, recursos, entre outros estão disponíveis no site www.rallydaselva.com.br .

Serão 40 equipes de três a seis pessoas (sendo obrigatória a participação de pelo menos uma mulher) divididas nas categorias Trekkers e Elite.  As inscrições podem ser realizadas até a véspera no site oficial do evento. Serão distribuídos troféus para as cinco primeiras equipes colocadas.

O evento é realizado pela Selva Race Team em parceria com a Equipe Carrera. Tem o apoio da Black & White Comunicação, WH Comunicação Visual, JMD Empreendimentos Imobiliários, Laboratório Oswaldo Cruz, Caiçara Grill, Parthenon Engenharia, Yasaí Sucos, Faça Web Sites e Prefeitura de Sinop.

Regulamento completo:

1. Evento: Rally da Selva a Pé

     1.1. Enduro a pé de regularidade.

     1.2. Saída e chegada em locais pré determinados pela organização

     1.3. Organização: Selva Race Team – Diretor de prova: Miro Teodoro

     1.4. Cronometragem: GUT/Compass – Diretor de Cronometragem: André Godinho

 

2. Horários, inscrições e concentração das equipes

     2.1. Inscrições devem ser efetuadas via internet pelo site: www.rallydaselva.com.br

     2.2. Ordem de largada: Será realizado um sorteio no dia 30/05/2010 as 6:30h

     2.3. Comparecimento dos participantes à s 6hs30 – largada à s 7:00h – Local: Praça da Terceira Idade – Reserva UNEMAT – Av da Saudade.

     2.4. A organização não devolverá valores pagos, por integrante(s) ou equipe, pelo fato de não terem participado do evento.

 3. Participação

     3.1. Aberta a participação de 40 equipes.

     3.2. As equipes devem possuir no mínimo 3 e no máximo 6 integrantes com pelo menos um participante do sexo feminino.

     3.3. Idade mínima é de 16 anos deverão estar acompanhados de maior responsável ou trazer autorização assinada pelos pais.

     3.4. O termo de responsabilidade é parte integrante da ficha de inscrição, sem o qual não será aceita a participação de qualquer pessoa.

     3.5. A organização da prova poderá no início ou a qualquer momento não aceitar mais inscrições de equipes que promovam desordem nos locais de provas, provoquem brigas, tumultos ou atos deliberados que denigram a competição ou qualquer equipe participante.

     3.6. O líder da prova, deverá carregar o GPS fornecido pela organização e manter o colete com o numeral em todo trajeto da prova.

4. Roteiro

     4.1. Definido em planilha, com percurso composto por estradas, ruas, trilhas planas, subidas, descidas de dificuldade média com obstáculos naturais.

     4.2. Neutralizados: São pontos em que é dado um tempo determinado para paradas, descanso e lanches.

     4.3. Deslocamento: É definido um tempo para cobrir o trecho, onde as equipes não precisam manter a média horária.

     4.4. Provas Especiais: As equipes que passarem pelas provas especiais ganharão bônus se for definido na própria planilha.

     4.5. Os trechos de medição serão os seguintes:

          a. Básicos

          b. Ramificações – roteiros secundários

          c. Especiais – contra o relógio.

5. Equipamentos de Segurança

     5.1. A organização do evento fornecerá os equipamentos que forem necessários.

     5.2. As equipes devem possuir os seguintes equipamentos obrigatórios: Uma lanterna, reservatório de água (caramanhola, cantil, camelback, etc), protetor solar, repelente, saco plástico para lixo,  lanche de trilha, kit de 1ºs socorros, bússola, canetas, prancheta pequena, calculadora simples e um apito.

     5.3. A Organização sugere como vestuário: Tênis confortável ou bota de trekking, camiseta de manga longa com tecido adequado para temperatura local (CALOR), capa de chuva, calça de tecidos leves ou Bermuda, meias grossas, etc. As equipes devem utilizar uniformes próprios se não houver determinação da direção de prova para a utilização das camisetas fornecidas no início da etapa.

6. Prova

     6.1. Será fornecida 1 planilha por equipe no início da prova, com indicações de deslocamento, velocidade média, observações e símbolo referência. ( se houver ramificação será fornecida planilha complementar do trecho indicado ). Poderão ser impressas planilhas para os integrantes que estarão disponíveis na página da competição um dias antes do evento. Se não houver disponibilização na página serão fornecidas 3 planilhas por equipe no local do evento.

     6.2. A Planilha constará de 5 colunas:

a primeira ( esquerda ) com distância em metros,

a segunda ( centro ) para o símbolo referência do sentido a ser seguido Tulipa,

a terceira ( centro ) velocidade das categorias 1ª Elite e 2ª Trekkers

a quarta ( centro ) tempo acumulado

a quinta ( direita ) observações

     6.3. As equipes largarão em intervalos determinados pela organização.

     6.4. Durante o trajeto os participantes devem usar jalecos ou camisetas dos organizadores, se for solicitado. A equipe será punida com 1000 pontos se um dos integrantes estiver sem a camiseta.

     6.5. Utilizar camisetas ou propaganda de outra competição sem o consentimento do organizador acarretará a desclassificação da equipe.

     6.6. Planilha do Percurso

     6.6.1. Tempo: Nesta coluna a equipe anota o tempo calculado para atingir as referências.

     6.6.2. Distância e Velocidade Média: Velocidade Média horária em cada trecho. (distância em metros)

     6.6.3. Neutralizados: São pontos em que é dado um tempo determinado para parada. (descanso, lanches, etc.)

     6.6.4. Deslocamentos: É definido um tempo para se caminhar no trecho, onde as equipes não precisam manter a velocidade média.

     6.6.5. Referências: Indicações de direção a ser seguida, diretamente ou com auxílio de bússola.

     6.6.6. Provas Especiais: As equipes que passarem pela provas especiais ao longo do percurso ganharão bonus, conforme definido em planilha

     6.6.7. Planilha de Ramificação: Só terá o percurso de ida, podendo ter ou não posto de controle no seu final. No mínimo 1 integrante da equipe deverá percorrer o trecho descrito na planilha de ramificação. Será estabelecido um tempo para o percurso, que poderá ser feito em menos tempo. A não passagem pelo PC de Ramificação indica a perda de 500 pontos.

      6.6.8. No caso de algum imprevisto como: surgimento de nova estrada, nova cerca, cadeado em porteira, ponte caída, erosões, rio cheio, queda de barreira, atoleiros, abelhas, gado, etc. que impossibilitem a passagem ou provoquem alguma alteração no roteiro, corre por conta das equipes procurarem os meios que as conduzam o mais breve possível ao roteiro original. Seus tempos ideais permanecerão inalterados.

7. Apuração

     7.1. A cronometragem será feita com base num tempo padrão e a hora oficial será fornecida pelo diretor de prova.

     7.2. O PC ( posto de cronometragem ou de controle ) estará colocado ao longo da trilha em locais e pontos aleatórios, podendo estar ou não nas referências e/ou em ordem cronológica, esses PC´s serão virtuais (pontos de GPS) ou fixos com pessoas da organização

     7.2.1. O Posto de controle virtual será um marco, uma referência, uma placa, ou o posto de controle, dispostos no percurso, ou simplesmente a marcação na planilha.

     7.2.2. A equipe perderá 1 ponto para cada metro de erro, anotado para mais ou para menos.

     7.3. A não passagem em um PC determina a perda de 800 pontos.

     7.4. A equipe perderá os seguintes pontos na passagem dos PCS:

     7.4.1. 1 ponto por segundo de atraso

     7.4.2. 2 pontos por segundo adiantado

     7.4.3. 500 pontos fixos por equipe se os participantes passarem separados por 30 segundos entre o primeiro e o último integrante.

     7.4.4. O PC do lixo recolherá todos os resíduos acumulados pelas equipes durante o trajeto, inclusive as folhas de planilhas. A não passagem da equipe por este ponto determinará sua desclassificação. A falta de folhas da planilha também determinará a perda de 100 pontos fixos.

     7.4.5. O não cumprimento das instruções específicas na planilha acarretará a perda de 1000 pontos fixos.

     7.4.6. O atraso superior a 10 minutos na passagem do PC implicará na perda de 600 pontos fixos.

     7.4.7. O adiantamento de 5 minutos na passagem do PC implicará na perda de 600 pontos fixos.

     7.5. Será vencedora a equipe que perder menos pontos na soma total dos PCS.

     7.6. A autoridade do PC: ao avistar um PC a equipe participante deverá prosseguir normalmente respeitando a fila de passagem, ou seja, não poderá ultrapassar outras equipes no campo de visão do PC.

     7.7. Os PCs funcionarão até 20 minutos após o tempo de passagem da última equipe.

     7.8. Descarte de PC – a direção de prova poderá a seu critério descartar um ou mais postos de controle durante a prova. Será avisado antes da largada e, obrigatoriamente o PC de descarte deverá ser um PC que a equipe passou.

     7.9. O descarte de posto de controle valerá, a critério da organização.

8. Recursos e Protestos

     8.1. Serão aceitos desde que interpostos ao diretor de prova por escrito até 10 minutos após a chegada ideal do último participante. O recurso deve ser escrito e não verbal, ter a assinatura dos integrantes da equipe e o depósito de R$ 100,00 que será devolvido se for considerado procedente.

     8.2. O protesto de uma equipe à outra será aceito mediante depósito de R$ 35,00 e será devolvido se for julgado procedente.

     8.3. Os recursos e protestos serão julgados por membros nomeados pela direção de prova.

     8.4. Após divulgado o resultado oficial no final da prova não serão mais aceitos recursos.

9. Motivos Desclassificatórios

     9.1. Bebidas alcoólicas, qualquer tipo de drogas ou estimulantes.

     9.2. Qualquer ato prejudicial aos companheiros da competição.

     9.3. Intimidação verbal ou física contra outras equipes ou aos postos de controle, resgates, pessoal de apoio ou ao diretor de prova.

     9.4. Palavras obscenas e atos ofensivos contra outras equipes ou contra a própria equipe..

     9.5. Danos causados a propriedades particulares.

     9.6. Danos causados a natureza.

     9.7. Não passar pelo PC de chegada.

     9.8. Empregar atitudes desleais a outros concorrentes.

     9.9. Utilizar na equipe algum acompanhante que não seja membro escrito e não tenha sido autorizado pelo diretor de prova.

     9.10. Usar trena de roda ou medidor de distância com odômetros.

     9.12. Alterar ou mexer na máquina ou anotações dos PCS.

     9.13. Deixar integrante da equipe no percurso sem avisar o Posto de Controle ou Resgate da prova.

10. Penalidades

     10.1.Não passar pelo PC ou PV: 800 pontos

      10.2.Tumultuar o Trabalho do Pc: 200 pontos

     10.3.Não respeitar a fila no Pc: 200 pontos

     10.4.Não passar pelo PC de ramificação: 500 pontos

     10.5.Não fechar porteiras: 180 pontos

     10.6.Chegar com menos de 2 integrantes na equipe: 100 pontos por integrante por Posto de Controle

     10.7.Não trazer alimentos quando solicitado: 200 pontos

     10.8.Não largar no horário estabelecido: 500 pontos

     PC – Posto de controle

     PV – Posto de controle Virtual

11. Vistoria e Identificação dos Competidores.

     11.1. Todas as orientações as equipes serão dadas no dia 29/05/2010 no Caiçara Grill as 19:00hs.

     11.2. Os competidores serão identificados pelas fichas de inscrição e o colete com o  numeral que será entregue no Briefing.

12. Empates

     12.1. Nas Provas:

          Os Empates serão decididos considerando-se o concorrente que tiver maior número de “zeros pontos de atraso” nos postos de cronometragem, caso persista o maior números de “um” e assim sucessivamente até chegar-se ao vencedor da prova.

13. Categorias

Trekkers : Destinada a iniciantes e novatos. Livre a utilização de equipamento de navegação. Onde as médias serão em sua maioria na forma de caminhada ou trote.

Graduados Elite – Livre a utilização de equipamentos de navegação. Que tenham experiência em provas de enduro e/ou rally de 4×4 ou moto. Onde as velocidades médias serão maiores que a categoria Trekkers.

14. Premiação das equipes

     14.1. Serão distribuídos Troféus para os 5 primeiros colocados.

15. Casos Omissos

     15.1. Casos omissos no regulamento serão analisados e julgados pelo diretor de Prova.

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here