Cuiabá,

domingo, 25

de 

fevereiro

 de 

2024
.

Ramon e Rodrigo Alvim são apresentados e dizem que vão brigar por espaço no time

Reforços chegam animados com a chance se firmarem no futebol brasileiro


O Flamengo apresentou na manhã desta sexta-feira mais dois reforços para a temporada 2010: o meia Ramon, de 21 anos, que estava no CSKA, da Rússia, e o lateral-esquerdo Rodrigo Alvim, de 26 anos, que era jogador do Wolfsburg. O vice-presidente de futebol do clube, Marcos Braz, lembrou que Rubro-Negro precisará de um elenco forte neste ano, já que luta pelo título da Libertadores e pelo tetracampeonato carioca.

– São dois jogadores que o Flamengo entende que vão reforçar bem o elenco. As competições que iremos enfrentar este ano são duras e, acima de tudo, importantes – disse o dirigente.

Ramon, que foi revelado pelo Atlético-MG e teve uma rápida passagem pelo Corinthians, sabe que terá um grande concorrente por uma vaga de time titular: o sérvio Petkovic. O jogador, no entanto, espera também conquistar seu espaço na equipe e construir seu nome no futebol brasileiro.

– Por tudo que o Pet fez, tenho que respeitar. Espero aprender com ele. Vim para somar, mas vou procurar meu espaço. Todo mundo terá uma oportunidade, e, sendo no lugar do Pet ou não, vou procurar fazer o meu melhor. Espero contribuir e me firmar no futebol brasileiro. É uma chance única – disse o meia.

Ramon, que tem condições legais de jogar a Taça Guanabara, afirmou que ainda precisará de, no mínimo, dez dias para ficar em boas condições físicas para estrear pelo Fla.

– Estou fazendo um trabalho há quatro ou cinco dias no Rio com o pessoal do Flamengo. Acredito que com mais dez, 12 dias já vou poder trabalhar com o grupo.

Na Rússia, o meia teve contato com o maior ídolo da história rubro-negra. Ele contou que conhecer Zico foi muito proveitoso para sua carreira.

– Trabalhamos praticamente seis meses juntos. O Zico me ajudou bastante, é um excelente profissional. Aqui no Flamengo não preciso falar dele, é uma referência.

Alvim se derrete em elogios ao Flamengo

Outro que não terá vida fácil na luta por uma vaga de titular é Rodrigo Alvim. O lateral-esquerdo terá a concorrência de Juan, que, apesar de não viver seu melhor momento, é muito respeitado na Gávea. Animado com o novo desafio, Alvim disse que vai fazer de tudo para honrar a camisa do Fla e aproveitar a oportunidade que lhe está sendo dada.

– Respeito o Juan, que tem uma história dentro do clube. Mas vou me dedicar e brigar por uma vaga. Vou honrar essa camisa e lutar dentro de campo. Fiquei três anos e meio na Europa (Belenenses-POR e Wolfsburg-ALE) e agora tenho essa oportunidade maravilhosa. Tinha mais um ano e meio de contrato com os alemães, mas eles entenderam que essa era uma grande chance para mim. Hoje estou realizando um sonho – disse o lateral-esquerdo.

Rodrigo Alvim não economizou nos elogios ao clube. Ele disse que, apesar de ter jogadores como Adriano, Vagner Love e Petkovic, o Flamengo em si foi a maior motivação para ele acertar sua transferência. O lateral confia que o time, pela qualidade de seu elenco, tem condições de conquistar todas as metas que foram traçadas.

– Meu atrativo maior é o próprio Flamengo. Lógico que estou chegando em um grupo vencedor, que ganhou o Brasileiro recentemente. Atualmente, o clube tem o melhor plantel do Brasil. Quero aprender e crescer com eles. Nosso objetivo é o tetra do Carioca e a Libertadores. Sabemos que será complicado, são grandes equipes, mas o Flamengo é o maior clube do Brasil, tem a maior torcida do mundo e temos que ir em busca dos objetivos.

Ao contrário de Ramon, Rodrigo Alvim disse estar pronto para estrear. Ele, entretanto, não foi inscrito em tempo e só poderá jogar a partir da Taça Rio.

– Poderia jogar amanhã. Fiz os testes e o pessoal ficou contente. Me preparei bem. Tenho 26 anos, mas parece que tenho 15. É como realizar um sonho de criança.

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here