Cuiabá,

quinta-feira, 26

de 

maio

 de 

2022
.

Reservas do São Paulo perdem

 O São Paulo perdeu pela primeira vez na edição de 2009 da Copa Libertadores. Repleta de jogadores considerados reservas, a equipe tricolor sucumbiu na Colômbia diante do Independiente de Medellín, 2 a 1, naquele que foi o primeiro compromisso da ‘Era Bosco’.


Todos os gols saíram no primeiro tempo. Cabrera e Castillo marcaram para o time estrangeiro, e André Lima diminuiu para o representante do Brasil.


A zaga inédita do São Paulo, formada pelo trio Renato Silva, Aislan e Rodrigo, entrou mal no jogo. Logo aos 15min., Restrepo lançou nas costas de Rodrigo e encontrou o atacante Cabrera sozinho na área. Quem dava condição era Renato Silva, que não saiu junto com os companheiros. O colombiano dominou e bateu forte, na saída de Bosco.


O segundo gol dos donos da casa surgiu em uma jogada bem articulada. Aos 27min, Corredor avançou pelo lado direito e cruzou no segundo pau. Sozinho, Arias rolou para trás, e Castillo chutou. Rodrigo deu o carrinho para tentar ajudar, mas a bola bateu na sua perna e tirou o goleiro são-paulino do lance.


Aos 39min, Dagoberto tocou para André Lima. O camisa 19 chutou forte da entrada da área e acertou o canto esquerdo de Bobadilla para diminuir a vantagem colombiana.


Muricy foi ousado durante o intervalo e sacou o lateral-direito Wagner Diniz, machucado, para a entrada do meia Wellington. A substituição surtiu efeito, e o São Paulo passou a ter o domínio do jogo durante a etapa final.


Aos 20min, o lance mais polêmico do confronto. André Lima recebeu de Wellington em condição duvidosa, mas o auxiliar assinalou impedimento e invalidou o gol de empate da equipe brasileira.

Notícias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui