Cuiabá,

segunda-feira, 26

de 

fevereiro

 de 

2024
.

Rubinho vence GP da Europa e segue na briga

      Rubens Barrichello ganha a centésima do Brasil na Fórmula 1, reassume a vice-liderança e reduz vantagem de Jenson Button para 18 pontos  

      Após cinco anos sem vencer um Grande Prêmio de Fórmula 1, Rubinho Barrichello não aguentou. Em entrevista ao Globo Esporte de São Paulo, o piloto da Brawn disse ter feito um desabafo em agradecimento à equipe ao cruzar a linha de chegada. 

      – Ali foi um desabafo, foi um momento em que agradeci a todos do time. Foi uma gritaria total. Naquele momento, quis colocar para fora que, se alguém tinha dúvida de que eu não lembrava como se ganhava uma corrida, eu estava falando ali que lembrava sim. E bastante. Então, foi uma gritaria, mas daquelas ótimas que você acaba tirando toda a pressão de cima dos ombros – afirmou o brasileiro.

      Rubinho comentou também sobre a volta da Brawn ao alto do pódio após três Grandes Prêmios. Para o piloto, foi a união de diversos fatores.

      – Na verdade tivemos uma volta no acerto mecânico do carro. Nós tivemos que tirar algumas “evoluções” que estavam atrapalhando no aquecimento do pneu. Então, o calor nos ajudou, mas o acerto do carro também.


Autor: Pedro Lima

Notícias Relacionadas

Comentários

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here