Cuiabá,

terça-feira, 30

de 

novembro

 de 

2021
.

Santos e Palmeiras defendem semi na Vila e no Pq. Antarctica

Finalizada a primeira fase do Campeonato Paulista, as equipes definem nesta segunda-feira datas e locais das semifinais do Estadual. E se depender da vontade de Santos e Palmeiras, nenhuma cidade do interior deve receber as duas partidas. Os campos preferidos são justamente as casas de cada um: Vila Belmiro e Parque Antarctica.Logo após assistir à vitória sobre o Botafogo-SP por 2 a 1 e ver sua equipe avançar à próxima fase na liderança da tabela, conquistando, assim, a vantagem de dois empates na semifinal, o presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzzo, afirmou que já teria até mesmo conversado com a diretoria do Santos sobre a possibilidade.


“A proposta do Palmeiras, e também do Santos, se não me engano, é jogar a primeira partida na Vila Belmiro e disputar o jogo de volta aqui [no Parque Antarctica]. A informação que temos é que a Federação Paulista deixaria os clubes decidirem isso”, explicou o mandatário.


Além dos locais de jogo, o dia da partida também será definido. Para o Palmeiras, que recebe a LDU no dia 21 de abril, uma terça-feira, os sábados seguintes (11 e 17 de abril) seriam ideais para a equipe. “Vamos ser coerentes, jogaremos na terça. Assim, melhor jogar [a semifinal] no sábado”, confirmou o técnico Vanderlei Luxemburgo.


No Santos, o treinador Vagner Mancini nem cogita a possibilidade de disputar o primeiro jogo da semifinal longe do estádio Urbano Caldeira. Para isso, estaria disposto a aceitar jogar a segunda partida no Palestra Itália


Nós vamos brigar ao máximo para que aconteça um jogo na Vila Belmiro e um no Parque Antarctica. Para jogar na Vila, o Santos aceita jogar no Parque [Antarctica], pois é uma proposta viável. Mas o importante é chegar fortalecido, onde vai jogar é o menos importante”, afirmou o comandante à Rádio Record


Enquanto Mancini é claro em sua opinião, o presidente do Santos, Marcelo Teixeira, prefere adotar a cautela. Apesar de levar em consideração a opinião de sua comissão técnica, espera a reunião na Federação Paulista de Futebol, quando os mandatários de todos os classificados se reunirão.


“Não consegui conversar com o Mancini ainda, mas é claro que tem muito peso a opinião da comissão técnica. Podemos conversar neste domingo à noite, amanhã [segunda-feira] pela manhã ou até aguardar a definição da reunião”, explicou Teixeira.


“Sabemos que jogar na Vila é um fator fundamental, mas é importante analisar com mais cautela, verificar as opções propostas pela Federação, as condições de se jogar no interior, na capital e em Santos. Enfim: vamos analisar todas as opções e definir em conjunto”, concluiu o presidente do clube da Baixada.

Notícias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui