Cuiabá,

terça-feira, 30

de 

novembro

 de 

2021
.

São Paulo – Com força máxima, Tricolor tenta reencontrar vitória diante do Mirassol

São Paulo vem de duas derrotas, mas desta vez não tem Libertadores

Desta vez, o São Paulo não tem motivos para não estar totalmente focado no Paulistão . O time só joga pela Libertadores na semana que vem, está com a equipe principal recuperada da viagem à Colômbia e vem de duas derrotas no Estadual. Por tudo isso, a partida contra o Mirassol, nesta quinta-feira, à s 21h45m, no Morumbi, ganhou importância maior. Com força máxima, o Tricolor precisa da vitória em casa para voltar ao G-4, já que a Portuguesa venceu o Guaratinguetá (1 a 0) e chegou aos 24 pontos – um a mais que os são-paulinos.

O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partida em Tempo Real. O Sportv e o Premiére transmitem o duelo.

O anfitrião começou a rodada na terceira posição, com 23 pontos, mas com as vitórias da Lusa e do Santo André caiu para quinto. O Mirassol tem a 12ª posição, com 14 pontos, e tenta vencer fora de casa para não se aproximar da zona de rebaixamento. Mas se depender do técnico Muricy Ramalho, o visitante não terá chances de se reabilitar, pois o treinador exige a vitória tricolor não só nesta quinta, mas também no domingo, em casa, diante do Marília.

– Temos dois jogos em casa, a obrigação de ganhar ambos e ficar no grupo dos quatro primeiros, pois temos que nos preparar para outra semana e conseguir os resultados. Se temos times perto de nós na tabela, é porque eles se prepararam bem, não estão fazendo uma boa campanha de graça, têm condições e não são surpresa para ninguém – explicou Muricy, referindo-se aos times que rondam o G-4.

O São Paulo perdeu as duas últimas partidas da competição para o Mogi Mirim, com um time misto, e para o Santos, na Vila Belmiro. O Mirassol vem de quatro resultados negativos, diante de Botafogo, Guaratinguetá, Ponte Preta e Oeste.

Força máxima para se reencontrar no Paulistão

Aproveitando que a Libertadores é só na próxima semana, Muricy quer recolocar o São Paulo nos eixos no Estadual e vai escalar o que tem de melhor para esta partida. Mas nunca revela a escalação antes do jogo, tampouco o esquema tático. Se optar pelo 3-5-2, mais usado pelo time, Renato Silva se consolidará ainda mais na zaga, ao lado de Miranda e André Dias. O camisa 14 vem ganhando a disputa com Rodrigo por uma vaga.

Junior Cesar também está se saindo bem pela esquerda, principalmente por se entender bem com Jorge Wagner. Hugo deve ficar no banco. Na frente, a dupla que já marcou nove gols em oito jogos como titular: Washington e Borges. Os dois desfalques certos são Dagoberto, suspenso, e Wagner Diniz, machucado.

Novo técnico e mudanças na escalação

No Mirassol, a novidade é a estreia do técnico Pintado, que já chegou fazendo mudanças na equipe para evitar mais derrotas. A principal novidade promovida pelo comandante é o retorno de Júnior Maranhão como titular, aproveitando que Acleísson cumprirá suspensão. Outro desfalque é Alex Silva, também suspenso. Deleu deve ser o substituto. Antes da partida, o Mirassol treinou no CT do Palmeiras, na tarde desta quarta-feira.

Notícias Relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui